Skip to main content

NOSSOS DIREITOS









Uma manhã, quando o novo professor de "Introdução ao Direito" entrou na sala, a primeira coisa que fez foi perguntar o nome a um aluno que estava sentado na primeira fila:- Como te chamas?- Chamo-me Juan, senhor.
- Saia de minha aula e não quero que voltes nunca mais! - gritou o desagradável professor.
Juan ficou desconcertado... Quando voltou a si, levantou-se rapidamente, recolheu suas coisas e saiu da sala. Todos ficaram assustados e indignados, porém ninguém falou nada.
- Agora, sim! E, em seguida, perguntou o professor: 
- Para que servem as leis?... Os alunos seguiam assustados. Porém pouco a pouco começaram a responder às perguntas: -

Para que haja uma ordem em nossa sociedade... - Não! - respondia o professor. –
Para cumprí -las...- Não! - Para que as pessoas erradas paguem por seus atos.- Não!!
- Será que ninguém sabe responder a esta pergunta?!
- Para que haja justiça! - falou timidamente uma garota. - Até que enfim! É isso... Para que haja justiça. E agora, para que serve a justiça?
Todos já estavam incomodados pela atitude tão grosseira do professor. Porém, seguíamos respondendo: - Para salvaguardar os direitos humanos...
- Bem, que mais? - perguntava o professor.
- Para diferençar o certo do errado... Para premiar a quem faz o bem...
- Ok, não está mal, porém... Respondam a esta pergunta: agi corretamente ao expulsar Juan da sala de aula?... Todos ficaram calados, ninguém respondia.
- Quero uma resposta decidida e unânime!- Não!!! - responderam todos a uma só voz.
- Poderiam me dizer-se que cometi uma injustiça? - Sim!!!
- E por que ninguém fez nada a respeito? Para que queremos leis e regras, se não dispomos da vontade necessária para praticá-las? E, enquanto a classe reagia através do silêncio, ele continuou: - Cada um de nós tem a obrigação de reclamar quando presenciar uma injustiça. Todos!!! Não voltem a ficar calados, nunca mais!
- Vá buscar o Juan - disse, olhando fixamente para um dos alunos.
Naquele dia foi dada a lição mais prática de um curso de Direito.

Quando não defendemos nossos direitos, perdemos a dignidade e a dignidade não se negocia





Mais vistas

CÓDIGO IDENTIFICADOR DE BANCOS(SWIFT)

O Conceito de  Swift CodeO Swift Code é um código que serve para identificar os bancos mundo afora, ele possui sempre 11 digitos e cada banco que existe no mundo possui um Swift Code único. Muitas vezes grandes bancos de extensão nacional ou continental, possuem mais de um Swift Code, cada código ficando relacionado a uma determinada cidade ( a principal cidade da região ). Quando o gerente do seu banco não souber informar a qual região o banco onde você tem a conta pertence, tente usar no Adsense o código da cidade mais próxima entre as cidades da lista. Se nenhuma das cidades da lista fica próxima a sua cidade, tente usar o Swift Code da região Head Office, esse código é como se fosse o código principal do banco e muitas vezes dá certo usa-lo como coringa. Swift Codes para o Banco Bradesco S.A.Swift Code ( Código Swift )Cidade RelacionadaBBDEBRSPBHEBelo Horizonte – MGBBDEBRSPBLMBelem – PABBDEBRSPBNUBlumenau – SCBBDEBRSPBSABrasília – DFBBDEBRSPCASCampinas – SPBBDEBRSPCTACuritiba …

EPIGENÉTICA E HOMOSSEXUALIDADE

Português - InglêsPortuguês -FrancêsPortuguês -AlemãoPortuguês - ItalianoPortuguês -PortuguêsPortuguês - RussoPortuguês - Espanhol



Dedicated:

TelexFREE VoIp

Epigenética e homossexualidade Então, na semana passada, contou com um monte de notícias sobre um artigo que saiu no Quarterly Review of Biology intitulado "Homsexuality como conseqüência de epigeneticamente canalizado Desenvolvimento Sexual". Os autores foram Bill Rice (UCSB), Urban Friberg (Uppsala U), e Sergey Gavrilets (U Tennessee). O papel tem um pouco de imprensa. Infelizmente, a maioria de que a imprensa era de má qualidade bonita, mal deturpar o conteúdo real do papel. (PDF disponível aqui .) eu vou andar pela via da argumentação do jornal, mas se você não quiser ler a coisa toda, aqui está o tl; dr: Este artigo apresenta um modelo. É uma teoria papel.Qualquer jornalista que escreve que o papel "demonstra" que a homossexualidade é causada por herança epigenética do pai sexo oposto ou 1) está invocando um…